RN tem ex-beneficiários que terão de devolver recursos do Bolsa Família


O Rio Grande do Norte tem 56 ex-beneficiários do Programa Bolsa Família que terão de devolver a recursos recebidos indevidamente, segundo informações do Ministério da Cidadania. O valor total a ser ressarcido aos cofres públicos é de R$ 55,9 mil. Em todo o país, de acordo com informações do Ministério, mais de 5 mil ex-beneficiários terão de ressarcir ao erário. A previsão é de cobrança alcance um montante aproximado de R$ 5,8 milhões.

Cartas com aviso de recebimento estão sendo enviadas às famílias identificadas já com a Guia de Recolhimento da União (GRU) no valor previsto pelo governo federal. Os beneficiários têm até 30 dias para apresentar uma defesa ao Ministério da Cidadania. Caso a defesa não seja apresentada, os ex-beneficiários têm o mesmo período para pagar a guia. O não pagamento implica na inclusão do nome no Cadastro Informativo de Créditos não quitados do Setor Público Federal (Cadin) e no sistema de cobrança do Tribunal de Contas da União (e-TCE).

Os recebimentos irregulares foram identificadas a partir de auditoria da Controladoria Geral da União (CGU) e de cruzamento de dados com o Tribunal de Contas da União (TCU). De acordo com os dois órgãos de controle, há a suspeita de que essas pessoas tenham prestado informações irregulares intencionalmente ao Cadastro Único para Programas Sociais ou tinham renda superior ao permitido para participar do programa.

Para o secretário especial do Desenvolvimento Social do Ministério da Cidadania, Lelo Coimbra, a inciativa visa o combate de irregularidades. “Esse repasse não pode ser dado a quem usou de maneira indevida essa oportunidade, que seja devolvido”, apontou o secretário.

O secretário nacional de Renda de Cidadania, Tiago Falcão, explica que as famílias que quitarem o débito com a União poderão ser selecionadas para retornar ao benefício após um ano, se atenderem às regras para participar do programa e após passar por um processo de averiguação das informações. “Não pagando, entrando no cadastro de devedores, as famílias têm limitações para fazer empréstimos, financiamento, abertura de contas, além de não conseguirem certidão negativa de débito junto à União”, explicou. Falcão reforçou que o pagamento da guia encerra o processo imediatamente.

No Rio Grande do Norte, ainda de acordo com o Ministério da Cidadania, no período entre janeiro e agosto, o Bolsa Família beneficiou 364 famílias. O valor total transferido foi de R$ 529 milhões. Natal registra o maior número de benefícios (45.684).

AgoraRN*


5ª Marcha para Jesus em Rafael Fernandes/RN

Centenas de fieis se reuniram para caminhar pela cidade de Rafael Fernandes durante a noite deste sábado(12), o evento que já está na sua 5ª edição. A Marcha para Jesus começou às 17 horas do ginásio de esporte e seguiu com um paredão de som pela avenida Egídio Chagas até o centro da cidade, onde a Banda Kavod aguardava o pública para seu show de louvores.


A Marcha para Jesus de Rafael Fernandes é realizada pela Assembleia dos Remanescentes na direção do Pastor Cícero e da Pastora Rivaneide e é um evento social e sem nenhum fim lucrativo.  






























Escolinha Nova Esperança comemorou com crianças santanenses 7 anos de projeto em nossa Riacho de Santana

O projeto social da Escolinha Nova Esperança em nossa Riacho de Santana completou 7 anos neste mês de outubro e comemorou com as crianças santanenses na manhã de hoje(12) Dia das Crianças no Estádio Pai Cajé, onde foi distribuído brinquedos para todas as crianças presentes.

Em 2012 foi dado início a esse projeto social, onde usamos o esporte como ferramenta para formar atletas, e cidadãos de bem para nossa sociedade, com o intuito de tirar nossos jovens Santanense da ociosidade e do sedentarismo.

Trabalhamos voluntariamente e incansavelmente. E esse trabalho já nos deram bons frutos.

Os voluntários da Escolinha Nova Esperança agradecem a todos os pais que confiam seus filhos a nossos cuidados, e sempre prestam seu apoio quando necessário, agradecem também a todos os amigos e parceiros, que desde o início apoiam e continuam apoiando.


"O esporte é a ferramenta de inserção social mais eficaz, pois o resultado é imediato e as transformações são surpreendentes" Leandro Flores.
















Projeto "O contágio pela leitura" realizou desfile pelas ruas de Água Nova em comemoração aos seus 10 anos




O projeto que encanta, crianças, adolescentes, jovens, adultos e idosos através da literatura, “O contágio pela leitura” comemorou hoje(11) seus 10 anos em grande estilo, com um desfile pelas rua da cidade de Água Nova, finalizando no Ponto da Leitura com várias apresentações. 

“O Contágio pela leitura”, faz parte da Associação Comunitária Voluntários da Leitura de Água Nova/RN, sendo um projeto que visa oportunizar e desenvolver o gosto pela leitura de forma prazerosa a partir de um trabalho voltado para a formação do leitor. Teve suas ações iniciadas no ano de 2009, e foi idealizado pelas professoras, Keutre Glaúdia  e Sédma França juntamente com um pequeno grupo de pessoas que abraçaram a causa por uma cidade de leitores.

Nesta perspectiva, o projeto tem como foco a formação do leitor assíduo que passe a incorporar a leitura no seu dia a dia, como uma prática prazerosa, levando assim a leitura para todos os momentos de sua vida.